GCxGC (qMS)
Sistema de Cromatografia Gasosa Bidimensional

GCxGC (qMS)

O sistema de cromatografia gasosa bidimensional GCxGC(qMS) Shimadzu permite um grande avanço nas análises qualitativas e quantitativas de amostras complexas como petróleo, aromas e fragrâncias. Da mesma forma que o sistema MDGC/GCMS-2010 a cromatografia gasosa bidimensional (GCxGC) também é caracterizada pelo uso de duas colunas com diferentes polaridades. Utilizando-se duas diferentes fases estacionárias é possível a obtenção de diferentes mecanismos de separação, independentes um do outro (ortogonais), obtendo-se assim melhores resultados cromatográficos com agrupamento dos analitos em bandas ou clusters no espaço de separação, de acordo com suas estruturas moleculares. Este agrupamento é uma ferramenta valiosa para identificação de compostos desconhecidos ou para sua classificação química. Em GCxGC, a primeira coluna apresenta dimensões convencionais e a segunda é mais curta (como em cromatografia rápida). O principal componente deste sistema é o modulador que promove a amostragem de uma banda cromatográfica eluída na primeira dimensão (1D) para uma rápida separação na segunda dimensão (2D).
Ao acionar o modulador um jato de gás nitrogênio refrigerado é projetado sobre uma pequena área do modulador. Durante certo período, a banda cromatográfica sofre um efeito de compressão/estreitamento devido à ação da baixa temperatura, fazendo com que os analitos sejam concentrados neste local da coluna. Em seguida, o fluido criogênico cessa e o modulador libera a banda cromatográfica e esta é introduzida na segunda coluna. A liberação ocorre pela incidência de um jato quente na mesma região. Neste sistema todo o efluente da primeira coluna é transferido para a segunda e, por isso, a técnica é também chamada de abrangente ou compreensiva, sendo que as análises da primeira e segunda dimensão se processam simultaneamente e o tempo total de análise equivale ao tempo empregado na análise monodimensional.


GCxGC (qMS)

Esquema do sistema GCxGC(qMS) e modulador ZOEX.
O sistema GCxGC(qMS) também pode ser aplicado em outras matrizes complexas como amostras ambientais, clínicas ou biológicas. É comumente aplicado em amostras que possuem um grande número de compostos. Por exemplo, em uma amostra de petróleo bruto é praticamente impossível realizar a caracterização de todos os compostos em uma separação cromatográfica convencional. Para esta amostra, a estruturação apresentada nos cromatogramas de cromatografia bidimensional é uma característica fundamental, por permitir clara separação e identificação dos compostos por classes químicas. .


GCxGC (qMS)

Cromatograma bidimensional de amostra de diesel.